Home

As atividades desenvolvidas actualmente referem-se à reestruturação da unidade de investigação da Universidade Lusófona que passou a designar-se Laboratório Experimental de Arquitetura e Urbanismo (LEAU), tendo sido aprovados novos Estatutos em reunião da sua Comissão Científica realizada nas instalações da Universidade Lusófona do Porto em Novembro de 2016, bem como a admissão de novos investigadores e colaboradores, para além da submissão de três projetos de investigação à Fundação Calouste Gulbenkian, na área de teoria e história da arquitetura.

Com os novos Estatutos procurou-se estabelecer uma plataforma de trabalho participativa e extensiva a todos os investigadores e colaboradores do LEAU, nomeadamente aos estudantes de doutoramento em arquitetura da ULHT e da ULP, principalmente no acompanhamento e desenvolvimento das suas teses que se estima que comecem a ser submetidas a exame, por um júri qualificado, ainda neste ano de 2017.

Acrescente-se, ainda, que o programa de doutoramento a que estes estudos se reportam foi, recentemente, aprovado pela A3ES por um período de seis anos o que dá garantias institucionais para a continuação e aprofundamento, neste domínio, das valências de investigação do LEAU.

Ressalve-se, ainda, em termos de produção científica a publicação de dez livros que se espera venham, em futuro próximo, a serem acompanhados também com um maior volume de artigos em revistas científicas da especialidade, bem como a aquisição de uma fresadora de 3 eixos PRONUM, com o objetivo de trazer um valor acrescentado para o desenvolvimento de projetos de investigação que utilizem tecnologias informatizadas para a sua realização.

O LEAU no ano de 2017 também participou na organização de conferências, nomeadamente do Prof. Mário Kruger no CCB, bem como da investigadora Katia Zolotovsky na ULHT com apoio do Massachusetts Institute of Technology, e do Prof. Stamatis Zografos com o apoio da Universidade de Suffolk.

Salientamos também a divulgação da Conferência Internacional Multiplicities in Search of Identity Through Urban Diversity; a  participação na produção de protótipo à escala real presente no Prémio Municipal de Arquitetura de Odivelas, bem como na organização e curadoria da exposição anual de trabalhos académicos da DAU/ULHT. Por último, o LEAU também participou na criação deste novo site institucional e, ainda, em reuniões de gestão do ILIND e da ECATI.